quinta-feira, 27 de setembro de 2012

ISRAELENSES PACIFISTAS

                            


Por Bruna Ribeiro, do estadão.com.br
A falta de comunicação entre os governos de Israel e do Irã interfere tão intensamente nas relações entre os povos que não é possível discar um número iraniano a partir de um telefone israelense, de acordo com a CNN. Simplesmente, segundo a rede de TV, a ligação não funcionaria. A divergência política acaba em discursos que carregam pesadas ameaças de guerra.
Uma campanha promovida por um casal israelense – e que foi destaque na CNN nesta terça-feira, 20 - tem chamado a atenção na internet e ganhado popularidade no Facebook. Ronny Edry, um designer israelense que mora em Tel Aviv, resolveu mandar sua mensagem para o povo iraniano.
“Minha ideia foi simples. Eu estava tentando alcançar o outro lado. Sempre há discussões sobre guerra e boatos de que o Irã irá nos bombardear e de que nós iremos bombardeá-los. Nós estamos sentados esperando que isso aconteça. Eu queria apenas dizer que essa guerra é uma loucura”, disse Edry ao canal americano.
Usando as habilidades de designer gráfico e com a ajuda de sua esposa (ela também designer), Edry criou cartazes com fotos de si mesmo, familiares, amigos e vizinhos e os publicou na página do Facebook da escola para iniciantes em design, Pushpin Mehina, com a mensagem “Iranianos, nós nunca vamos bombardear seu país. Nós (amamos) vocês.

O FILHO DO GENERAL ISRAELENSE DENUNCIA

TERRIVELMENTE ESCLARECEDOR.

DURA POUCO MAIS DE 28 MINUTOS ,

MAS É IMPORTANTÍSSIMO.

UM ISRAELENSE , DE TERCEIRA GERAÇÃO DE ISRAELENSES, FILHO DE UM GENERAL DO EXÉRCITO DE ISRAEL ,

FALANDO SOBRE ISRAEL X PALESTINA

A ASSOCIAÇÃO TERRAS E CORES

UMA BELA LIÇÃO DE PARTICIPAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO MATERIAL. 
VEJA COMO UMA COMUNIDADE  INTEIRA 
- INCLUINDO O PREFEITO - 
SE UNE PARA FAZER UM TRABALHO SEM REMUNERAÇÃO, 
A NÃO SER  A DEFESA DE A RIQUEZA ARQUITETÓNICA  DE SEU POVOADO.
E TUDO COM CORES NATURAIS. EXATAMENTE AQUILO 
QUE DEFENDO HA MAIS DE 30 ANOS PARA O CENTRO HISTÓRICO DE SALVADOR. SEM O MENOR ÊXITO.

 O IPHAN E O IPAC PREFEREM CORES ACRÍLICAS.

http://terresetcouleurs.com/

LA DONNA È MÓBILE

 
 
Gênios da publicidade ridicularizam a música clássica (26/9/2012)
Por João Marcos Coelho

Não sei se vocês já viram, na TV, em horário nobre, um comercial de cerveja com um pessoal sarado beliscando churrasquinho, bebendo, cantando pagode e até arriscando passinhos trôpegos de dança. Se não viram, conto a sequência: de repente, um cara sentado no mesão toma um gole de uma latinha de cerveja sem marca – imediatamente, incha e fica como um tatu-bola gigante. E, também imediatamente, a música muda. Ele cantarolava um pagode, agora se apruma e dá uma de tenor lírico atacando “La donna è móbile”, do Rigoletto. Entra o locutor em off dizendo: tomou cerveja quadrada, dá nisso. Ele toma cerveja de outra lata, desta vez da Skol, e o pagode extrovertido retorna, junto com mulheres incrivelmente gostosas e quase peladas.



Cena da propaganda da cerveja Skol [imagem: reprodução Youtube]


Ou seja, é um tremendo sarro na ópera e na música clássica em geral. Aparentemente, é só um comercial inofensivo que pega carona na música popularesca mais rasteira pra vender o seu peixe. Só aparentemente, porém. Porque, na verdade, a atitude é preconceituosa, gratuita e deseducativa – pra ficar só nos primeiros adjetivos que me acodem. Na verdade, igualmente, e sem trocadilho algum, a propaganda nunca teve, não tem nem jamais terá compromisso algum com a verdade. Sua meta é vender, não importam os meios (vide Goebbels, um dos pioneiros e mais eficientes publicitários do século 20, modelo de tantos ganhadores de leões de ouro, prata e bronze...).


Cena da propaganda da cerveja Skol [imagem: reprodução Youtube]

Com certeza, já tem gente aí resmugando “como este cara é retrógrado, não aceita uma brincadeirinha inocente”. Epa! Brincadeira inocente nada. Existe um discurso subliminar neste tipo de propaganda que usa preferencialmente a música clássica, ou de concerto, ou de invenção, como coisa esdrúxula, quadrada, de maluco, que não vale a pena etc.etc. É um discurso perverso na essência, porque injeta preconceito no grande público com relação a esta música. Mais; afugenta de vez pessoas que, se não fossem instrumentalizadas para ridicularizar a música clássica, possivelmente até gostariam dela. Olhem só a letra traduzida de “La donna è mobile”, que o comercial ridiculariza:

A mulher é volúvel
Como pluma ao vento,
Muda de sotaque
E de pensamento.
Sempre um amável,
Gracioso rosto,
Em pranto ou em riso,
É mentiroso.
A mulher é volúvel
Como pluma ao vento,
Muda de sotaque
E de pensamento.
E de pensamento.
E de pensamento.
É sempre um infeliz
Quem a ela se entrega,
Quem lhe confia
Incautamente o coração.
Também nunca sente-se
Feliz em cheio
Quem naquele seio
Não saboreia amor.
A mulher é volúvel
Como pluma ao vento,
Muda de sotaque
E de pensamento.
E de pensamento.
E de pensamento!

Pra ficar no mesmo baixo nível da propaganda rasteira, parece que ela está descrevendo a Carminha e o Tufão, da novela global “Avenida Brasil”. Tá certo, Verdi pegou leve – a vilã é muito mais maldosa que a personagem na ópera, e Tufão bem mais imbecil do que seu homônimo lírico. Mas as linguagens da indústria cultural – telenovela, propaganda, música popularesca – são mesmo simplórias, caricatas. E por isso deveriam ser ridicularizadas, devolvo solenemente.


Karl Kraus (1874-1936) [foto: divulgação]

O comercial também me remeteu a um dos sujeitos mais inteligentes que o século 20 acolheu: o jornalista austríaco Karl Kraus (1874-1936), que por 37 anos, entre 1899 e 1936, foi factótum de um tablóide chamado “A Tocha”. Existem algumas traduções para o português de seus aforismos, mas no ano passado a Editora Acantillado, de Barcelona, publicou uma suculenta amostra dos seus artigos em “Die Fackel” (este é o título original do seu jornalzinho), em 550 páginas notáveis. É de lá que pincei “Viagens publicitárias ao inferno”, de novembro de 1921. Ele se horroriza com este anúncio publicado no jornalão vienense “Die Neue Freie Presse”:
“Passeios de automóvel pelos campos de batalha, organizados por Basler Nachrichten. Viagens publicitárias de 25 de setembro a 25 de outubro a preços reduzidos, de 117 francos. Sensações inesquecíveis. Particularmente recomendado como viagens de outono”.
Resumindo: o anúncio convida o leitor a visitar o campo da batalha de Verdun, entre França e Alemanha, na 1ª Guerra Mundial, no qual morreram 1,5 milhão de franceses e outro tanto de alemães, em uma batalha que durou quase um ano inteiro, de fevereiro a dezembro de 1916.
Uma coisa dessas, diz Kraus, incrementa o turismo, “mas certamente não vai elevar o nível moral da humanidade” já tão degradado. O artigo precisa ser lido na íntegra, mas cito só o final: “Só pelo fato de termos nascido”, é dolorido saber que pertencemos a uma “humanidade” cheia de canalhas, “que profana inclusive o sangue vertido” de ambos os lados.
O artigo está ficando trágico. Por isso retorno ao “inocente” comercial de cerveja para – não resisto – citar um daqueles aforismos fulminantes, que caem como luva na ilustre equipe de criação publicitária que desovou comercial tão preconceituoso e idiota: “O segredo do demagogo é se fazer passar por tão estúpido quanto sua plateia, para que esta imagine ser tão esperta quanto ele”.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O EXÉRCITO ESTÁ DE PARABÉNS!






  
AGORA JÁ FOI DIVULGADA!

E POR FALAR NAS FORÇAS ARMADAS, SAIBA QUE...

Exclusivo - O Exército escalou seus mais confiáveis e melhores oficiais de inteligência, lotados na Abin, para dar proteção ao ministro Joaquim Barbosa – relator do processo do Mensalão no Supremo Tribunal Federal. Ao montar esquema especial para dar segurança a Barbosa – que sempre foi avesso a isto -, empregando seus homens lotados na Agência Brasileira de Inteligência, o EB atropelou o Palácio do Planalto e a cúpula da Polícia Federal ligada aos esquemas petralhas de poder.

Apenas como contraponto: os ministros Ricardo Lewandowski e José Dias Toffoli também contam com proteção intensa. Só que de agentes da Polícia Federal – e não da turma verde-oliva lotada na Abin. A proteção a Barbosa não é só física. Tudo que se fala dele e sobre ele, nos ambientes de poder, também é monitorado. Além disso, todo o sistema telefônico da residência e de seu gabinete no STF foi alterado e passa por uma constante ação de pente fino.


A iniciativa de proteger Barbosa tão intensamente gera uma crise. A Presidenta Dilma Rousseff, como Comandante-em-chefe das Forças Armadas, sequer foi consultada sobre a medida. A blindagem ao Barbosa foi decidida entre alguns integrantes do Alto Comando do Exército e o General José Elito, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência. Aumentará em muito a guerra não-declarada e a insatisfação pessoal mútua entre Dilma e seu ministro Elito.
 

No fundo, a proteção especial a Barbosa é mais uma operação montada pela chamada “Comunidade de Informações” que sempre tenta agir de forma invisível – embora quase sempre não consiga em uma Brasília cercada de ouvidos eletrônicos em todos os buracos do poder. Em tempos passados, tal comunidade era famosa por vigiar e detonar a esquerda explicitamente. A turma do SNI botava medo. A turma da Abin ligada ao EB – onde a petralhada ainda não conseguiu se infiltrar explicitamente – tenta ser mais “light”.

Agora, pelo menos no reservado discurso da comunidade de informações, a ordem é não contribuir para ampliar um vácuo institucional que se desenha com o resultado do julgamento do Mensalão – que deve atingir em cheio a cúpula petralha, ainda com consequências imprevisíveis de um respingo escatológico no mito Luiz Inácio Lula da Silva (que ainda alimenta o sonho de voltar à Presidência da República).
 

A tensão entre Dilma e a caserna pode aumentar ainda mais com o Mensalão. Já era enorme por causa da Comissão da Verdade que tomou a decisão fora da lei de perseguir os agentes do Estado acusados de cometer crimes apenas na Era pós-1964. Apoiada por Dilma, a CV quebrou um acordo firmado com os militares, costurado quando Nelson Jobim era ministro da Defesa, de que os crimes de sequestro, terrorismo e assassinato cometidos pelos militantes de esquerda também seriam investigados.

Alguns Generais já se sentem traídos por Dilma. Mas se a traição vai gerar consequências institucionais é um desdobramento imprevisível. A cúpula militar na ativa é publicamente contrária a qualquer virada de mesa. Se os Generais pensam, sinceramente, da mesma forma, na intimidade, são outros quinhentos batalhões. Dilma e seus radicalóides estão provocando a onça com varinha curta.
 

Além disso, com o próprio Ministério da Defesa, a cúpula militar nunca se sentiu satisfeita por ficar simbolicamente subordinada ao ministro Celso Amorim que tem como assessor-especial José Genoíno – ex-guerrilheiro da luta armada pós-64 e com grandes chances de ser condenado no processo do Mensalão em que o agora protegido Joaquim Barbosa brilha como “grande herói” da República. Na ironia, os militares sõ não têm mais bronca de Genoíno porque alegam que ele entregou, sem qualquer tortura, todos os seus companheiros na Guerrilha do Araguaia...
 

Indo de uma cachorrice a outra cachorrada, a inteligência militar teme que a petralhada arme ilegalidades para obstruir o julgamento do Mensalão. A mais previsível já se tornou pública e, se acontecer, pode ser a senha para a abertura da portinha do vácuo institucional: que o novo ministro do STF, Teori Zavascki, indicado pelo ex-marido de Dilma Rousseff, tome posse e cometa a imprudência de pedir vistas do processo de mais de 50 mil páginas do Mensalão. Se tal manobra embromatória for adotada, para atrasar o resultado final do julgamento em até seis meses, nem Deus sabe o que poderá acontecer...
 

A leitura de nossa conjuntura atual é bem simples e roceira. A vaca já está no brejo. Se o Boi vai também... Aí são outros R$ 350 milhões de reais desviados e divididos pelos bandidos no esquema do Mensalão. Na avaliação mais tímida da comunidade de informações – que protege Barbosa e também vigia, cuidadosamente, todos os prováveis condenados na Ação Penal 470 -, o ex-presidente Lula da Silva teria pelo menos 35 milhões de motivos concretos para se preocupar – e muito – com as consequências de ter tantos companheiros e parceiros vendo o sol nascer quadrado...
 

Enquanto o mito Lula pode se desmantelar entre os segmentos esclarecidos (ou entre os menos ignorantes), o mito de Joaquim Barbosa começa a ser construído e lapidado. Resta aguardar para saber quem será beneficiado com a demolição de um e a edificação de outro. Enquanto isto, os militares ficam iguaizinhos àquele papagaio verde-oliva da piada do português. Nada falam... Mas prestam uma atenção...
 

“E sabem de absolutamente tudo que acontece no Brasil” – como fez questão de ressaltar um quatro estrelas numa certa noite estrelada de um jantar fechadíssimo na caserna, com todo mundo vestindo a pós-moderna farda de civil sem gravata - exceto o coronel da inteligência e das Forças Especiais, trajado feito um Rambo, para garantir a proteção na porta do salão...

O perigo é que aqueles que fingem não saber de nada continuam agindo no submundo do Governo do Crime Organizado... Até quando? Nem Deus deve saber mais... Ou será o Barbosa (um dos Deuses do Supremo e agora um togado blindado pelas fardas da inteligência) sabe?
 

Se souber, conta que a gente divulga por aqui... Até porque, neste mundo pontocom, nem a identidade do pobre do Batman é mais secreta... O verdadeiro endereço da Batcaverna, talvez...
 


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total: http://www.alertatotal.net/. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Setembro de 2012

terça-feira, 25 de setembro de 2012

ALGUÉM QUE NÃO GOSTA DO MÁRIO...



... É MEU AMIGO, O POLÉMICO JORNALISTA FERNANDO CONCEIÇÃO.
TALVEZ TENHA ALGUM MOTIVO 
PARA TÃO EVIDENTE HOSTILIDADE...
http://www.fernandoconceicao.com/

O RIO QUE QUERIA SER PARIS



AINDA ME LEMBRO MUITO BEM DO PALÁCIO MONROE, DESTRUÍDO ESTUPIDAMENTE POR SÓRDIDAS MOTIVAÇÕES DE ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA.
E QUE, AFINAL, NÃO DERAM EM NADA.
SÓ NA PERDA DE UM DOS MAIS LINDOS MONUMENTOS DO CENTRO DO RIO DE JANEIRO
https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=gmail&attid=0.1.1&thid=139fc55e81488f8e&mt=application/vnd.ms-powerpoint&authuser=0&url=https://mail.google.com/mail/u/0/?ui%3D2%26ik%3Dd80861bad9%26view%3Datt%26th%3D139fc55e81488f8e%26attid%3D0.1.1%26disp%3Dsafe%26zw&sig=AHIEtbR1NezUHOGYx4BITQpiAcTiD63ibQ

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

NINA E CARMINHA EM BRASÍLIA


por Nelson Motta

10-08-2012


Se o mensalão não tivesse existido, ou se não fosse descoberto, ou se Roberto Jefferson não o denunciasse, muito provavelmente não seria Dilma, mas Zé Dirceu o ocupante do Palácio da Alvorada, de onde certamente nunca mais sairia.
Roberto Jefferson tem todos os motivos para exigir seu crédito e nossa eterna gratidão por seu feito heroico: "Eu salvei o Brasil do Zé Dirceu."
Em 2005, Dirceu dominava o governo e o PT, tinha Lula na mão, era o candidato natural à sua sucessão. E passaria como um trator sobre quem ousasse se opor à sua missão histórica. Sua companheira de armas Dilma Rousseff poderia ser, no máximo, sua Chefe da Casa Civil, ou presidente da Petrobras.
Com uma campanha milionária comandada por João Santana, bancada por montanhas de recursos não contabilizados arrecadados pelo nosso Delúbio, e Lula com 85% de popularidade animando os palanques, massacraria Serra no primeiro turno e subiria a rampa do Planalto nos braços do povo, com o grito
de guerra ecoando na Esplanada: "Dirceu guerreiro/ do povo brasileiro." Ufa!
A Jefferson também devemos a criação do termo "mensalão". Ele sabia que os pagamentos não eram mensais, mas a periodicidade era irrelevante. O importante era o dinheirão. Foi o seu instinto marqueteiro que o levou a cunhar o histórico apelido que popularizou a Ação Penal 470 e gerou a aviltante condição de "mensaleiro", que perseguirá para sempre até os eventuais absolvidos. O que poderia expressar melhor a ideia de uma conspiração para controlar o Estado com uma base parlamentar comprada com dinheiro público e sujo? Nem Nizan Guanaes, Duda Mendonça e Washington Olivetto juntos criariam uma marca mais forte e eficiente. Mas antes de qualquer motivação política, a explosão do maior escândalo do Brasil moderno é fruto de um confronto pessoal, movido pelos instintos mais primitivos, entre Jefferson e Dirceu.
Como Nina e Carminha (personagens da novela da rede Globo) da política, é a história de uma vingança suicida, uma metáfora da luta do mal contra o mal, num choque de titãs em que se confundem o épico e o patético, o trágico e o cômico, a coragem e a vilania. Feitos um para o outro.
O "chefe" sempre foi José Dirceu. Combativo, inteligente, universitário - não sei se completou o curso - fala vários idiomas, treinado em Cuba e na Antiga União Soviética, entre outras coisas. E com uma fé cega em implantar a Ditadura do Proletariado a "La Cuba".
Para isso usou e abusou de várias pessoas e, a mais importante - pelos resultados alcançados - era Lula. Ignorante, iletrado, desonesto, sem ideais, mas um grande manipulador de pessoas, era o joguete ideal para o inspirado José Dirceu.
Lula não tinha caráter nem ética, e até contava, entre risos, que sua família só comia carne quando seu irmão "roubava" mortadela no mercado onde trabalhava. Ou seja, o padrão ético era frágil. E ele, o Dirceu, fizera tudo direitinho, estava na hora de colher os frutos e implantar seu sonho no país. Aí surgiu Roberto Jefferson... e deu no que deu.

UM CANSAÇO...



 A Cidade, essa que está suja, maltrapilha, com a saúde, a mobilidade e a educação de seus habitantes depauperadas, com a segurança dos seus cidadãos caótica, tem sido obrigada a escutar discursos ufanistas do carlismo, kertismo, lulismo, petismo, e etcismos, como se eles estivessem fora da origem e perpetuação desses problemas e dos muitos outros que lhe assolam nas últimas décadas. O cenário político de Salvador é o mesmo há mais de trinta anos. Os candidatos são coautores dos desvios que estão aí quando passaram, fisicamente, pelas secretarias do poder executivo; ou indiretamente, quando seus partidos os ocuparam. Os vereadores que chegaram ao legislativo para fiscalizar o prefeito, e que nunca o fizeram, são do DEM, do PCdoB, do PMDB, do PR, do PP, do PT, ad caterva, e consumiram cinco milhões de reais mês na vereança para entregar títulos de cidadania soteropolitana! E nem isso fazem bem.  
É constrangedor o que a Sociedade brasileira vem suportando dos Poderes que deveriam gerir a coisa pública. A coisa pública líquida, os impostos, é saqueada quase que sistematicamente, e a coisa pública sólida, o patrimônio comum, mais difícil de saquear, está abandonada. Esse é o resultado imediato de oito anos de executivo insano e de legislativo ausente. Mas os estragos estão acumulados há muitas gestões, esses que parecem não pertencer a ninguém. Ninguém parece responsável pela inexistência do transporte de massa de qualidade, pela má educação, pelo péssimo sistema de saúde, pelos buracos, pelo lixo. A Sociedade, que pagou os serviços, está obrigada a conviver com os desserviços como se não os pagasse. Os candidatos mentem, prometem, enganam, inventam fábulas para ocupar as gestões, ocupam, são regiamente pagos, e distribuem títulos de cidadania soteropolitana.
No dia 28 de setembro, a Câmara de Vereadores de Salvador entregará o título de cidadão soteropolitano ao Sr. Malafaia, bispo da Assembléia de Deus. Mala suerte a nossa! Malas sem alça esses vereadores de Salvador! Mal assados, todos nós, no inferno dessa má gestão mal fiscalizada. Não há Sociedade que resista a isso. Com mil demônios. Nem a Baía de Todos os Santos. 

domingo, 23 de setembro de 2012

APOIAR WALDIR PIRES OU NÃO?


Em 19/09/2012 12:55, falcoforado@uol.com.br escreveu:

PORQUE VOTAREI EM WALDIR PIRES PARA VEREADOR

Nas próximas eleições municipais pretendia votar nulo para prefeito e vereador porque a quase totalidade dos candidatos a cargos eletivos no Brasil não é movida pelo interesse público, isto é, no sentido de promover mudanças políticas, econ?micas e sociais em benefício da maioria da população.
Ao tomar conhecimento de que Waldir Pires se lançou candidato a vereador com o propósito de moralizar a vida política em nossa cidade do Salvador, abrirei uma exceção. O passado de Waldir Pires, caracterizado pela ética no exercício de inúmeros cargos públicos, representa a garantia de que teremos na Câmara de Vereadores a presença de um político sério e comprometido com os interesses da maioria da população.
Ressalte-se que a gestão competente do Município de Salvador pelos vereadores só será possível desde que o eleitor eleja, também, os candidatos mais qualificados para o exercício do cargo, além de terem “ficha limpa”. O preparo do futuro vereador é de fundamental importância para que possa elaborar projetos de lei compatíveis com as necessidades da cidade, fiscalizar o uso do dinheiro público, identificar os problemas da comunidade e buscar providências junto aos órgãos competentes.
Cabe-lhe também a função de fiscalizar as contas do Poder Executivo Municipal e os atos do Prefeito, denunciando o que estiver ilegal ou imoral à população e aos órgãos competentes. Waldir Pires reúne todas as condições para cumprir esta missão na atual quadra histórica de nossa querida cidade do Salvador. Recomendo a meus amigos e amigas sufragarem Waldir Pires como vereador nas próximas eleições.
Cordialmente,
FERNANDO ALCOFORADO



De: amilcarbaiardi [mailto:amilcarbaiardi@uol.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 20 de setembro de 2012 08:27
Para: falcoforado@uol.com.br
Cc: alfa.teo@hotmail.com; Francisco Santana
Assunto: Re: WALDIR PIRES PARA VEREADOR

Caro Alcoforado, dileto amigo e companheiro de lutas,

Respeito sua posição, mas não cometerei este equívoco de votar em Waldir Pires. Se não fosse por ele nunca haver se manifestado criticamente em relação ao Mensalão (coisa que até o "anão stalinista", como é conhecido Tarso Genro entre os petistas, fez), ter sido nos últimos anos cabo eleitoral de Emiliano José que, malgrado os predicados intelectuais, também defende a tese de que não existiu o menslão, ter sisdo humilhado quando era Ministro da Defesa e ter saído com o rabo entre as pernas, o que para a Bahia foi muito ruim, Waldir fez muito mal à Bahia, sobretudo à Ciência e Tecnologia. Fui dos maiores entusiastas com a campanha de Waldir ao governo da Bahia e a convite de Rÿmulo Almeida deixei São Paulo onde trabalhava no Governo de Franco Montoro e onde havia sido aprovado em concurso para a UNICAMP e para UNESP. Engajado na campanah, escrevi o capítulo de C&T do plano de governo e após a vitória fui nomeado para o cargo 'top', em C&T na Bahia, a COMCITEC. Nesta condição preocupei-me com a sorte do CEEPED que estava 'ladeira abaixo' apos Waldeck Ornelas haver rejeitado o plano de recuperação de Garrido, preferindo gastar recursos ingentes para demissões incentivadas. Pois bem, consegui à frente da COMCITEC trazer à Bahia dois diretores da FINEP, Fabio Celso Guimarães e Antonio Baltar para assinar um termo de cooperação com o estado o qual previa 5 convênios para redinamizar o CEPED. A única exigência da FINEP era indicar dois de seus servidores para ocupar a presidência e  a diretoria científica, sem ÿnus para o governo estadual. Após negociar a minuta e na hora de assinar o termo de cooperação, Waldir deixa uma reunião com os diretores da FINEP e na qual estavam presentes Jairo Simÿes e eu, solicitando que continuassemos as negociações e não voltou. No dia seguinte o DO do Estado da Bahia publicava uma ato de Waldir nomeando Virgilio Elísio, um "cartola" do futebol baiano, atual mente do futebol brasileiro, Presidente do CEPED, rompendo o pacto duramente construído com a FINEP. Ele tinha uma dívida política com Virgílio Elísio, que como presidente do Clube de Engenharia da Bahia abrira este espaço para a campanha de Waldir e como Virgílio era 'engenheiro', imaginou nosso então governador que ele poderia dirigir o CEPED. A FINEP não quis mais saber de entendimentos com a Bahia, então facilitados por que Renato Archer era ministro e Luciano Coutinho, meu ex-professor, secrtário geral do MCT. Logo depois eu pedi demissão da COMCITEC. Mais detalhes sobre este episódio poderi pessoalmente lhe revelar. Nele Waldir Pires se revelou irresponsável, mas não foi este o único no qual ele assim agiu: com devaneios políticos e sem os pés no chão. Em nome do contraditório, peço que re-envie esta mensagem a todos a quem Vc pediu votos para Waldir. Se ele é honesto, no sentido que não usou cargo público


Caríssimo Amilcar,

Lamentavelmente, vivemos um momento na história do Brasil em que a grande maioria dos partidos políticos se constituem em meros cartórios eleitorais e a maioria quase absoluta dos candidatos buscam apenas atender seus próprios interesses e a dos financiadores de suas campanhas. Meu propósito era o de votar nulo para prefeito e vereador. Abri uma exceção apenas para Waldir Pires porque sempre tive  a percepção de se tratar de um político comprometido com a ética e de que durante sua longa trajetória política nunca teria se locupletado dos recursos públicos. Em outras palavras, Waldir Pires  tem “ficha limpa”.  Parti, também, da premissa de que ele poderia jogar um papel relevante no sentido de melhorar nossa representação parlamentar na Câmara de Vereadores que tem sido deplorável nos últimos tempos.

Quanto aos fatos por você relatado em seu e-mail, eles não eram de meu conhecimento. Concordo com você de que não basta um político ser honesto, no sentido de que não usou cargo público para se locupletar, como condição necessária e suficiente para ser um bom político. Optei por votar em Waldir Pires não apenas porque ele é político honesto. Eu acredito que ele poderia exercer papel relevante no sentido de melhorar nossa pobre representação política. Levando em conta o fato de a Bahia se caracterizar no momento atual pela mediocridade política, julguei que Waldir Pires poderia exercer papel relevante no sentido de reverter o quadro atual.

Atendendo seu pedido, enviarei seus comentários para todos a quem pedi votos para Waldir Pires acompanhado desta minha resposta a seu e-mail
Receba meu abraço fraternal,

Fernando Alcoforado


para se locupletar, Isto é condição necessãria,mas não suficiente para ser um bom político,
Um grande Abraço
Amílcar Baiardi
Prof. da Pós- Graduação da UCSAL e prof. Titular UFRB/UFBA
amilcar.baiardi@gmail.comamilcarbaiardi@uol.com.br
71-99773579 71-33582419 71-34511612




A opinião do diretor de teatro Gil Vicente Tavares
PRA PREFEITO NÃO, E PRA VEREADOR PODE, WALDIR?
Falando em governos petistas, não podia de escrever esse apêndice. Deparei-me com a candidatura de Waldir Pires a vereador!
Esse político cometeu uma das maiores burrices e sacanagens de toda a história republicana da Bahia. Largou o governo do estado, tendo vencido ACM, como promessa da esquerda renovadora que soprava com os novos ventos do fim da ditadura, para ser candidato a vice na chapa de Ulisses Guimarães. Largou a Bahia nas mãos de Nilo Coelho e estendeu um belo tapete vermelho para a volta do carlismo ao poder.
Na época, ainda todo poderoso, ele vetou a candidatura de Gilberto Gil à prefeitura da cidade, no que Gil respondeu com a canção Pode, Waldir, que entoa: “pra prefeito, não, pra prefeito, não, e pra vereador, pode Waldir?”.
Pois esse homem, já governador, já ministro, está pleiteando um cargo de vereador. Rebaixamento e merecimento. A Bahia carece de um grande homem na política e estamos muito mal por isso. Se acaso estivesse em sua mão, caro leitor, a escolha de alguém, qualquer um que você quisesse dos quadros políticos baianos, para ser governador do estado, prefeito da cidade, você pensaria em alguém? Não temos esse homem, e ficamos nessa gangorra de interesses, ganhos e perdas de poder, nas mãos de uma corja interesseira, politiqueira e sem visão e contundência político-administrativa.


O ROCK´N ROLL...

... NASCEU NA DÉCADA DE 50 
NOS ESTADOS-UNIDOS.
NÃO ESQUEÇA!
ENTÃO NÃO ESTRANHE ESTE VIDEO...

https://mail.google.com/mail/u/0/?ui=2&ik=d80861bad9&view=att&th=139f1e4ef841628f&attid=0.1.1&disp=safe&zw

sábado, 22 de setembro de 2012

EM CAIRU: BATMAN OU CORIINGA?



Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rozário
Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário

 Por que as perguntas formuladas neste mesmo espaço em dezembro passado sobre as obras de restauro do convento de São Francisco ainda não foram respondidas? 
Afinal qual é a do prefeito Hildécio Meireles? Pretende desbancar o nosso João Henrique como pior prefeito do Brasil safra 2012? Era o que faltava! O título pertence aos soteropolitanos e ponto final! Por que será que, além de explorar os turistas que aportam ao Morro de São Paulo exigindo uma taxa ilegal, ele ousa ter o nome de seu município divulgado na imprensa nacional como hors-concours na pior educação? Só por que a escola se chama Grupo Escolar Antônio Carlos Magalhães?
 E qual é a do medíocre cantor das rosas/deputado em empurrar para fora do caminho o patrocínio do Ministério da Justiça e colocar as misteriosas bondades da Petrobras no lugar? Será que a bem chamada Ong Papamel não poderia responder ou tem telhado de vidro? Porque a competente dupla IDES/Studio Argolo foi substituída pela recém-parida Patrimoni/Papamel? E sempre com os costumeiros malabarismos de um Orlando Ramos que se pretende restaurador? 
Por que a Zech Engenharia ganha concorrência para restaurar a Matriz de Cairu, cujo telhado, não de vidro, já havia sido antes reformada  pela Patrimoni, e são os operários desta última construtora que executam a nova obra? 
Por que uma obra simples que não deveria ultrapassar o custo de R$1.300.000,00 ou R$1.500.000,00, foi aprovada pelo prefeito em R$2.700.000,00? Síndrome do Mensalão ameaçando? Não será exagero – perdão pela ousadia da colocação – brincar desta forma com a suada grana de nossas contribuições? 
A inauguração da dita Matriz, uma obra bem simples, foi remarcada por três vezes ao longo de dois anos e estaria agora prevista para 13 de outubro. Será que vai acontecer, com a desistência dos operários por falta de pagamento? 
Será que o Dr. Ovídio Machado, substituindo Eduardo El Hage, saberá enfrentar o Coringa e comparsas deste confuso arquipélago? Os baianos e visitantes estão fartos de servir de capacho para as mágicas de nossos espertalhões eleitos.

NÃO TÃO PALHAÇO ASSIM!





Tiririca foi eleito um dos melhores deputados do ano. (Foto: Dida Sampaio/AE)Ridicularizado quando eleito, o deputado federal Tirirca (PR-SP) deve estar rindo à toa de seus detratores. Com um desempenho acima do esperado e superior ao de muitos de seus 
colegas com mais anos de Casa, o segundo parlamentar mais votado da história da nação foi indicado como um dos 25 melhores deputados do ano pelos jornalistas que cobrem o Congresso.  

O Prêmio Congresso em Foco, em sua sétima edição, definirá os melhores parlamentares em diversas categorias em votação aberta na internet até o dia 8 de novembro. Na eleição entre os jornalistas, Tiririca recebeu 14 votos. Ficou entre os 15 mais votados na Câmara. “Para mim, só de estar na lista é uma vitória. Não sou político, estou político. É uma diferença grande. Estou bem pra caramba. E o mais importante: sem deixar de ser eu mesmo aqui”, contou o palhaço ao site do Congresso em Foco.

Tiririca participou de todas as sessões no plenário da Câmara, foi assíduo na Comissão de Educação e Cultura e está com um projeto de sua autoria que beneficia trabalhadores de circo bem encaminhado na Casa. “Estou superfeliz com isso, mostrando para os meus eleitores que eles não deram voto perdido. Não estou fazendo feio. Não quero decepcionar o povo nem me decepcionar”, afirmou.

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara aprovou, no último dia 22, um projeto de lei apresentado por Tiririca que garante aos profissionais do circo a inclusão na Lei Orgânica de Assistência Social, o que permite que eles sejam atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Agora, a proposta segue para a Comissão de Constituiçao e Justiça (CCJ). Caso aprovada, vai para votação no plenário.

Adaptação
Após um ano e meio de Brasília, ele se diz “totalmente adaptado” à vida parlamentar. “Cabe a você caminhar pelo caminho certo ou errado. Aqui, tem esses dois caminhos. A responsabilidade é maior, qualquer vacilo que eu der, a imprensa e os colegas vão cair em cima: ‘Oh, o palhaço está fazendo palhaçada’”, diz. “Eu me sinto vigiado aqui 24 horas.”

O palhaço-parlamentar também prima pela transparência. No começo deste mês, o gabinete do deputado publicou a primeira edição de um boletim de oito páginas que informa o que Tiririca faz na Câmara. O material reúne desde as propostas apresentadas por ele, as audiências de que participou e a destinação de suas emendas parlamentares.

O deputado eleito com 1,3 milhão de votos  é um dos nove deputados que registraram presença em todas as 171 sessões destinadas a votação na Câmara. Também tem sido assíduo nas comissões, onde a presença não é obrigatória. Tiririca compareceu a 106 (88%) das 120 reuniões da Comissão de Educação e Cultura, da qual é titular. Ele apresentou sete projetos de lei voltados para o circo e a educação, além de relatar cinco proposições. Mas não fez nenhum discurso em plenário.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

NUMA ILHA DESERTA DO OCEANO PACÍFICO...


O vídeo que vão ver (3:55 min) mostra uma ilha em pleno oceano Pacífico, à 2.000 milhas de qualquer costa. Esta ilha é desabitada, não há senão pássaros, no entanto...Vejam o que se passa! Um vídeo que todos deveriam ver e refletir!

A FARSA DO COMÍCIO DE LULA NA PRAÇA CASTRO ALVES


Vídeo acusa PT de pagar para ter platéia em comício de Lula

Um usuário de redes sociais da internet publicou ontem (18), no youtube, um vídeo onde acusa o PT de enganar os trabalhadores. O pequeno documentário já foi assistido por mais de mil pessoas e é feito a partir de entrevistas com participantes de um comício do candidato à prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino, que contou a visita do ex-presidente Lula para apoiá-lo. No vídeo, as pessoas dizem ter ganhado até R$ 50 reais para serem figurantes no evento a fim de "dar a sensação de que estava lotado”. O vídeo mostra o local do comício totalmente esvaziado. Os poucos presentes não deram a menor atenção ao discurso de Lula.

UM LEITOR ESCREVE:


Esse é apenas um dos vídeos produzidos sobre o evento. Obviamente um "vídeo de oposição". Há um outro aqui, com perspectiva totalmente diversa: 

https://www.google.com/url?url=http://www.youtube.com/watch%3Fv%3DHcBTRkMNKh8&rct=j&sa=X&ei=t_NcUJ_pFoWS9gT9hIHYCg&ved=0CC4QuAIwAA&q=youtube+comicio+lula+pellegrino&usg=AFQjCNHUoSdu6_tsS950opJl-RcjVY6JfQ


Este é claramente "pró-comício" com imagens totalmente diferentes do mesmo evento. Isso em Teoria do Jornalismo chama-se Teoria do Enquadramento (Framing), ou seja a produção de pacotes interpretativos conferindo sentido a um determinado assunto. 

Comparem os dois vídeos 

OPINIÃO DE OUTRO LEITOR


A decadência de lula e do PT é sensível e rápida, caro Dimitri. Eles continuam a enganar ainda muita gente, principalmente os mais pobres monetária e culturalmente. O partido sobrevive ainda pq se apossou da máquina do Estado e pq o lulla --- o Silvio santos da política brasileira --- ainda tem carisma e prestígio. O mensalão, dependendo do resultado, poderá ser a pá de cal do partido. Só daqui a muitos anos saberemos em detalhes a extensão dos malefícios causados por eles. Muita coisa deu certo, como a demonização de FHC, em que eles tanto insistiram, seguindo o receituário de Goebbels. Quando alguém me fala disso, da “herança maldita” dos tucanos faço questão de enumerar os feitos de um e de outro. Quando fica patente a competência e a seriedade de ambos os governos. Nenhuma mentira dura para sempre.
Obrigado pela revelação.


UM CLÁSSICO DO MUSICAL EASTER PARADE

DANÇANDO E CANTANDO UM CLÁSSICO DE 1948,
 ANN MILLER DESLUMBRA PELA BELEZA 
DE SUAS PERNAS E DE SEU MAGNÍFICO TALENTO. 
NOTE FRED ASTAIR NA ASSISTÊNCIA.


PODER DE DECISÃO


Cheguei à sofisticada loja de móveis em busca de uma mesa de centro de madeira.
Atendeu-me uma vendedora de olhos violetas e nasalado sotaque paulistano, ostensivamente segura de sua capacidade de influenciar minha decisão de compra com seu charme e sua beleza.
Como não havia mesa de centro que me interessasse, ela me mostrou, olhando-me fixamente e sorrindo sedutoramente, uma mesa de centro de vidro e aço escovado.
Declinei polidamente; não era o que eu estava procurando.
Ela não se deu por vencida.
Intensificou o olhar e o sorriso, com um movimento elegante passou os longos cabelos louros, cascateantes, de um lado para o outro da cabeça e disse, enfaticamente:
- Mas é o que está se usando.
- Até quando? - perguntei.
- Como?
- Até quando este tipo de mesa vai ser usado?
- Como assim?
Ela parou e pensou. A possibilidade dessa pergunta provavelmente nunca havia lhe ocorrido.
- Ah, não sei... – e sorriu.
O sorriso continha uma busca forçada de cumplicidade, como se pretendesse dizer: “Entendi aonde quer chegar; sou tão inteligente quanto você.”
- Bem, se a senhora não sabe até quando este tipo de mesa vai ser usado, não posso comprá-la. Se daqui a dois ou três anos deixar de ser usada, como eu fico?
Dei bom-dia e saí da loja.
Ela me seguiu com os olhos, perplexa, tentando compreender meu comportamento.
Certamente não estava previsto em seu treinamento de vendas.

Marcos A. P. Ribeiro

A PERERECA NÃO É TÃO BOBA ASSIM!

PODE NÃO ENTENDER DE CELULAR, MAS SABE MUITO BEM QUEM É AMIGO OU NÃO!

https://mail.google.com/mail/u/0/?ui=2&ik=d80861bad9&view=att&th=139e5130e8939988&attid=0.1&disp=safe&zw

VALENTINA LISITSA NO TCA


ESTA PIANISTA UCRANIANA, RECONHECIDA INTERNACIONALMENTE, COMEÇOU A ESTUDAR PIANO AOS 3 ANOS E DEU SEU PRIMEIRO CONCERTO AOS 4 ANOS!
COM UM CURRÍCULO INVEJÁVEL, ELA SE APRESENTARÁ NO TEATRO CASTRO ALVES DE SALVADOR NO DOMINGO 30 DE SETEMBRO.
NÃO DÁ PARA PERDER!


MILAGRES DA GRAVIOLA




ALÉM DE SER UMA FRUTA DELICIOSA, A GRAVIOLA TEM VIRTUDES MEDICINAIS AINDA DESCONHECIDAS POR MUITOS.


https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=gmail&attid=0.1&thid=139e8a77cd1e1aa3&mt=application/vnd.ms-powerpoint&authuser=0&url=https://mail.google.com/mail/u/0/?ui%3D2%26ik%3Dd80861bad9%26view%3Datt%26th%3D139e8a77cd1e1aa3%26attid%3D0.1%26disp%3Dsafe%26zw&sig=AHIEtbRUPvKx4QRptmCYVhV1Hxt9VkLQmg

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

RETALHOS 77





"HÁ TANTO BURRO  MANDANDO EM HOMENS COM INTELIGÊNCIA, QUE ÀS VEZES CHEGO A PENSAR QUE BURRICE É UMA CIÊNCIA!" - Rui Barbosa (1849 - 1923)

O tradicionalmente biônico político Edvaldo Brito, hoje vice-prefeito, tenta a aprovação, na Secretaria de Habitação e Meio Ambiente, de um projeto para lá de ilegal. Trata-se de um imóvel – mais um! – na Alameda Capimirim, no também tradicional bairro da Graça. Qual seria o retorno, Doutô?

Um leitor do Bahia Notícias (Samuel Celestino) foi buscar o seu filho na tarde desta quinta-feira (13) em uma escola infantil localizada no bairro do Cabula, em Salvador, e flagrou um carro oficial da prefeitura a servir como condução privada de uma criança aluna da unidade escolar. O veículo flagrado tem placa branca (JQP-8031), que serve à Vigilância Epidemiológica, órgão lotado na Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 
Além do uso indevido do automóvel funcional, o motorista, um servidor público, é utilizado como chofer do garoto e ainda é quem carrega as mochilas da criança do prédio até o carro. Contatada pelo Bahia Notícias, a assessoria de comunicação da SMS informou que vai apurar o caso, mas garantiu que todas as medidas necessárias serão tomadas, já que o veículo é de uso restrito para atividades da Vigilância Sanitária. 
A pasta garantiu ainda que todos os envolvidos, inclusive o motorista e quem autorizou o uso irregular do carro, serão punidos, inclusive com a possibilidade de ser exonerados das suas funções. Nem o motorista, nem que autorizou ou quem é responsável pela elaboração dos itinerários dos veículos da administração soteropolitana foram divulgados.
 Além disso, o Município de Salvador não conta com nenhuma Legislação ou Decreto que trate do assunto. A prática é condenável quando qualquer servidor público utiliza um veículo funcional, mantido com dinheiro público, para ir se divertir, fazer compras em supermercados, buscar filhos na escola, ou quando usa-o aos sábados, domingos e feriados ou fora do horário normal de serviço. Também não é recomendado guardar veículo oficial na garagem particular de um servidor público. 

Você sabe qual é o centro cultural que recebeu – no mundo – o maior número de visitantes em 2011? Não foi o Tókio National Museum, não foi o MoMa de Nova-Iorque, nem o Musée d´Orsay ou o Grand Palais em Paris. É o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro com a exposição do gravador holandês M.C. Escher: 573.691 pessoas em dois meses. No domingo 27 de março, enquanto dois jogos importantes do campeonato carioca de futebol agregavam 34 mil espectadores, o CCBB recebia 39 mil visitantes. Num dia só! Uma pergunta: quando um CCBB em Salvador? O edifício da Coelba na Praça da Sé já foi cogitado para a proposta. Seria uma excelente forma de quebrar o feitiço que tanto prejudica nosso centro histórico. O Banco do Brasil, no princípio da gestão Wagner-Márcio Meirelles, chegou a sondar o governo baiano. Não teve a mínima resposta. Dá para acreditar? Teria solucionado grande parte do problema-mor da capital ao incluir o centro histórico no roteiro obrigatório de todos os baianos. Esta omissão é simplesmente criminosa.

Uma surpresa agradável! Peguei um táxi em frente da Perini (bastante decadente) da Alameda Antunes. Motorista jovem, educado, carro confortável, ar condicionado para quem acha indispensável, e – milagre! – boa música popular bem baixinha para não incomodar. A esperança é a última que morre! Algum soteropolitano quer a dica? Arthur Alvarino: 8739-8862 / 8364-2903.

Chopin na China! 100 milhões de chinezinhos aprendem algum instrumento de música. 50 milhões se familiarizam com os mistérios do piano. Só o conservatório de Sichuan tem 800 salas dedicadas exclusivamente ao estudo deste nobre instrumento.

O prefeito João Henrique Carneiro deixará sua marca como um dos piores prefeitos que Salvador já teve. Mas não só. Deverá também ganhar uma medalha como penetra impenitente. Sem ser membro do Iate Clube da Bahia, passa mais tempo neste reduto do elitismo soteropolitano do que atrás de seu escritório da Praça Tomé de Souza. Onde, de qualquer forma, não faria nada a não ser futilidades e intrigas palacianas.

Só para dentistas: O doutor Walter Tourinho é autor de uma “técnica de tamponamento medicamentosa dos alvéolos dentários pós-exodontias. Quem se interessar pelo assunto, é só digitar: WWW.novoscientistas.com.br

Freguês da GVT sofre!... Quando se aproxima a data de vencimento da conta, sempre tem alguma telefonista perguntando quando vai pagar. Verdadeiro assédio financeiro. Mas quando tem um problema que só ela pode resolver, promete mandar um técnico em 24 horas, mas esperar uma semana será ainda pouco.

A COLEÇÃO INVISIVEL

O FILME DE BERNARD ATTAL SERÁ APRESENTADO DURANTE O FESTIVAL DE CINEMA DO RIO DE JANEIRO EM 2 DE OUTUBRO, NO ODEON. 



LEIA AQUI O DEPOIMENTO DO CINEASTA

http://cadernodecinema.com.br/blog/a-colecao-invisivel/

O PALÁCIO REAL DE BANGKOK














A CONCEPÇÃO ARQUITETÓNICA DIFERE MUITO DAQUILO QUE OS OCIDENTAIS ENTENDEM POR PALÁCIO - VERSALHES, POR EXEMPLO - PORQUE, TAL COMO O TOPKAPI SARAY EM ISTAMBUL, SE TRATA DE UMA SÉRIE DE PEQUENOS PAVILHÕES, SEMPRE MUITO DECORADOS E DE USO ESPECÍFICO.


https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=gmail&attid=0.2&thid=139e1665920b6204&mt=application/vnd.ms-powerpoint&authuser=0&url=https://mail.google.com/mail/u/0/?ui%3D2%26ik%3Dd80861bad9%26view%3Datt%26th%3D139e1665920b6204%26attid%3D0.2%26disp%3Dsafe%26zw&sig=AHIEtbT7vQ83R30rlVJAW6ue9ZFopOg7Tw

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

A VERDADE SOBRE MONSANTO

UM LONGO DOCUMENTÁRIO
 SOBRE UMA DAS EMPRESAS
 MAIS NOCIVAS
 DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE

http://docverdade.blogspot.com/2009/03/o-mundo-segundo-monsanto-le-monde-selon.html

SUA ALIMENTAÇÃO


Veja que interessante... 
A partir de certa idade, temos quase todos esses sintomas, provocados pela falta dos alimentos aqui mencionados:


1. DIFICULDADE DE PERDER PESO
O QUE ESTÁ FALTANDOácidos graxos essenciais e vitamina.
ONDE OBTER: semente de linhaça, cenoura e salmão - além de suplementos
específicos.

2. RETENÇÃO DE LÍQUIDOS
O QUE ESTÁ FALTANDO: na verdade um desequilbrio entre o potássio,
fósforo e sódio.
ONDE OBTER: água de coco, azeitona, pêssego, ameixa, figo, amêndoa,
nozes, acelga, coentro , semente de linhaça e os suplementos.

3. COMPULSÃO A DOCES
O QUE ESTÁ FALTANDO: cromo.
ONDE OBTER: cereais integrais, nozes, centeio, banana, espinafre,
cenoura + suplementos...

4. CÃIMBRA, DOR DE CABEÇA
O QUE ESTÁ FALTANDO: potássio e magnésio
ONDE OBTER: banana, cevada, milho, manga, pêssego, acerola, laranja e água.

5. DESCONFORTO INTESTINAL, GASES, INCHAÇO ABDOMINAL
O QUE ESTÁ FALTANDO: lactobacilos vivos
ONDE OBTER: coalhada, iogurte, missô, Yakult e similares.

6. MEMÓRIA RUIM
O QUE ESTÁ FALTANDO: acetil colina, inositol.
ONDE OBTER: lecitina de soja, gema de ovo + suplementos.

7. HIPOTIREOIDISMO (PROVOCA GANHO DE PESO SEM CAUSA APARENTE)
O QUE ESTÁ FALTANDO: iodo.
ONDE OBTER: algas marinhas, cenoura, pera, abacaxi, peixes de
água salgada e sal marinho.

8.. CABELOS QUEBRADIÇOS E UNHAS FRACAS
O QUE ESTÁ FALTANDO: colágeno.
ONDE OBTER: peixes, ovos, carnes magras, gelatina + suplementos.

9. FRAQUEZA, INDISPOSIÇÃO, MAL ESTAR
O QUE ESTÁ FALTANDO: vitaminas A, C, e E e ferro.
ONDE OBTER: verduras, frutas, carnes magras e suplementos.

10. COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS ALTOS
O QUE ESTÁ FALTANDOÔmega 3 e 6.
ONDE OBTER: sardinha, salmão, abacate, azeite

11. DESÂNIMO, APATIA, TRISTEZA, RAIVA, INSATISFAÇÃO, DEPRESSÃO,
VONTADE DE NÃO FAZER NADA
O QUE ESTÁ FALTANDO: Dinheiro!!!
Related Posts with Thumbnails